Proadess 2

Análise dos dados da PMS-AB

No ano de 2001, a Organização Mundial da Saúde (OMS) propôs a elaboração da Pesquisa Mundial de Saúde (PMS) em vários países membros, como parte de um projeto de avaliação de desempenho dos sistemas nacionais de saúde. Trata-se de um inquérito de base populacional, que abordou diversos aspectos da saúde da população para suprir os países membros de informações fidedignas. Entre os seus objetivos, estava o de assegurar a comparabilidade entre diferentes culturas ou grupos demográficos.

A PMS foi realizada no Brasil, no ano de 2003, mediante inquérito populacional, de âmbito nacional, em 5000 domicílios escolhidos por amostragem probabilística. A execução da pesquisa no Brasil significou a oportunidade de desenvolver instrumental próprio e coletar informações para avaliar o desempenho do sistema nacional de saúde. Foram pesquisados os seguintes aspectos: estado de saúde da população; fatores de risco; situações crônicas; utilização de medicamentos e de serviços de saúde; gastos com saúde; e o grau de satisfação com a resposta dos serviços de saúde do ponto de vista do usuário.

Para a avaliação e monitoramento da atenção básica, foi feita a adaptação do instrumento da PMS, resultando em revisão e detalhamento de alguns módulos do questionário original e na introdução de novos, dirigidos, especificamente, ao objeto de investigação. As alterações se voltaram para abordar o domicílio, enfatizando a família, sua composição, as formas de parentesco presentes, as condições socioeconômicas, bem como a percepção sobre o desempenho do Programa de Saúde da Família nos seus diversos aspectos. Em relação à cobertura de programas deu-se ênfase aqueles já estruturados e implementados a partir de ações programáticas que seguem normas pactuadas ao nível do sistema de saúde. A pesquisa foi denominada de Pesquisa Mundial de Saúde – Atenção Básica (PMS-AB), e foi aplicada em vários municípios brasileiros com mais de 100000 habitantes (Szwarcwald et al., 2006).

No presente projeto, analisam-se os dados coletados da PMS-AB, com a finalidade de avaliação do instrumento utilizado, em todos os municípios e estados em que foi aplicado o inquérito. O enfoque será dado à compreensão e à proporção de ignorados de cada questão bem como à estimativa média, à variabilidade e ao efeito de desenho dos indicadores de avaliação do desempenho do sistema de saúde.

©2010 PNS, todos os direitos reservados